Bispa Sonia fala sobre o primeiro grande desafio do casamento

Com base no versículo bíblico de Romanos 8.37, que diz: “Contudo, em todas as coisas somos mais que vencedores, por meio daquele que nos amou”, Apóstolo Estevam e Bispa Sonia Hernandes lançaram o projeto Casais +QV (Casais Mais que Vencedores).

 

Casados há mais de 38 anos, pais de três filhos e avós de quatro netos, os líderes da Igreja Renascer em Cristo têm provado, em cada ministração, que é possível, sim, chegar ao tão sonhado “felizes para sempre”, a despeito das dificuldade e dos desafios que envolvem o relacionamento a dois.

 

“Todos nós queremos ser felizes. Deus tem isso para nós. Mas precisamos entender que o conceito de que a felicidade está associada a bens materiais é completamente errado. Ser feliz é uma bênção de Deus, ou seja, independe de condições humanas. É estar bem em toda e qualquer situação”, afirmou Apóstolo Estevam.

 

“O primeiro milagre que Jesus Cristo realizou foi em um casamento. Eu acredito que uma consulta psicológica ajuda a identificar os problemas, mas a Palavra de Deus pode transformar e dar um caminho! Basta colocarmos em prática todos os princípios ensinados”, acrescentou Bispa Sonia. 

 

Uma viagem inesquecível e incomparável

 

O Congresso de Casais +QV deste ano será realizado do dia 24 a 26 de março, no Hotel Tauá, situado em Atibaia, interior de São Paulo.

 

Durante a estadia, os líderes da Igreja Renascer em Cristo vão ensinar segredos para um relacionamento à prova de crises.

 

As informações do evento estão disponíveis nso sites: hebromturismo.com.br e casaismaisquevencedores.com.br.

 

O desafio de serem dois em uma só carne

 

 

Durante o “Encontro de Casais”, realizado no final de semana do Dia dos Namorados, em 2016, no Paradise Golf Resort, em Mogi das Cruzes (SP), Bispa Sonia leu o texto de Gênesis 2.24 e falou sobre o primeiro grande desafio da vida a dois.

 

“Em Gênesis, Deus lança o primeiro grande desafio dos casais: os dois devem deixar pai e mãe para serem uma só carne! O que isso quer dizer? Que um deve acompanhar o outro”, introduziu.

 

Os erros de Adão e Eva

 

A líder da Igreja Renascer em Cristo explicou que, por não cumprirem o direcionamento estipulado por Deus, Adão e Eva enfrentaram sérias consequências.

 

“Eva não conseguiu ser uma só carne com Adão, e Adão não conseguiu ser um com Eva. Se eles fossem dois em uma só carne, tomariam decisões juntos, pensariam juntos e trabalhariam juntos”, afirmou. “Eva tinha que confiar somente em Deus e no marido, mas preferiu confiar na serpente. Adão, por outro lado, estava muito ocupado e não tinha espaço para se relacionar com Eva”, disse.

 

“Eva tomou a decisão de comer o fruto sem ao menos consultar o marido. Adão também errou. Ele deveria, junto com a esposa, pedir uma direção ao Senhor. Ele se deixou subjugar. Fez a vontade de Eva, não a de Deus. Isso trouxe consequências terríveis, incluindo uma série de frustrações”, destacou.

 

“Ao falhar nos desafios, é muito comum ficarmos magoados com Deus e cheios de dúvidas, achando que casamos errado. Você até ama, mas não consegue mais ficar junto”, complementou.

 

O casamento em Caná da Galileia

 

Bispa Sonia também citou a passagem de João 2, que narra o milagre de transformação da água em vinho, que Jesus realizou em uma festa de casamento, em Caná da Galileia.

 

“Naquele casamento, não faltou amor, mas faltaram recursos humanos. Não havia mais vinho. Aquele casal tinha que vencer o desafio de não ter recursos”, explicou.

 

“Jesus estava naquele casamento, mas não era o Senhor daquele casamento. Quem mandava naquela relação era o sentimento que um tinha pelo outro. Em vez de correr atrás de Jesus, eles correram atrás de Maria”, declarou.

 

“Maria sabia que quem tinha resolvido o casamento dela era Deus. O primeiro casamento salvo por Jesus foi o de Maria. Ela tinha casamento conturbado. Tinha engravidado sem estar casada, mas gerou o salvador da humanidade”, afirmou.

 

“Maria chegou para Jesus e explicou a situação do casal. Quando você procura Jesus, você acha descanso para sua alma, e sua casa passa a ser uma morada de paz. De convidado, Jesus passou a ser o Senhor daquele casamento. Ele, então, começou a direcioná-los”, disse.

 

Erros comuns

 

Na sequência, a líder da Igreja Renascer em Cristo destacou os erros que levam o casal a falhar no desafio serem dois em uma só carne. Acompanhe abaixo:

 

1- Achar que pelo falto de existir amor no relacionamento, não há a necessidade de conhecer o mundo espiritual (Efésios 6.10 e 13)

 

 

“Nós estamos em guerra. Você é o território que Deus e o inimigo desejam. A vitória da guerra não está em você achar o culpado paras as dificuldades pelas quais você está passando, está em Deus”, conscientizou. 

 

“O teu problema não é o seu marido, ele é a pessoa que Deus escolheu para que a glória d’Ele se manifeste na sua vida. Sua luta não é contra carne, mas contra principados, potestades e dominadores. A lei de guerra número um é saber contra quem vocês estão lutando. O casamento é um plano de Deus. O plano do inimigo é matar, roubar e destruir o que o Senhor projetou”, declarou. “Precisamos ter consciência de que o plano de Deus passa pelo amadurecimento e pelo crescimento espiritual”, complementou.

 

“Para realizar o milagre naquele casamento, Jesus pediu para que seis talhas fossem preenchidas com água; a água representa o mover do Espírito Santo”, contextualizou.

 

2- Não conhecer direito com quem você se casou

 

 

“Você não casou só com o presente, o passado e a família vieram junto!”, afirmou.

 

“A falta de conhecimento e do desejo de conhecer por que a pessoa age daquela forma, assim como a falta de conhecimento de Deus, faz com que você julgue, deduza e perca a paciência. Quando você sabe o histórico da pessoa que você ama, fica mais fácil você tomar qualquer tipo de decisão. Conhecendo o outro, você se torna uma pessoa mais compreensiva e aberta. Assim você poderá ajudar quem você ama a vencer seus traumas. Isso vai ajudá-lo a não deixar mais o passado interferir no presente. Quando você não conhece, a convivência fica difícil”, alertou.

 

Para finalizar a ministração, a Bispa deixou dois conselhos. Confira:

 

1- Mude a maneira como você enxerga o outro (Mateus 6. 22 e 23)

 

 

“No casamento marcado pela religiosidade, cada um tem sua própria vida. Moram no mesmo teto, mas um não se envolve com o outro. Só quando os filhos nascem, passam a ter algo em comum. Deus não tem isso para a sua relação, Ele tem um vinho novo”, afirmou.

 

2- Entregue o seu casamento para Jesus

 

 

“Muitas vezes, você é de Jesus, seu marido é de Jesus, mas o seu casamento não renasceu em Cristo. O seu casamento serve a quem? Se não servir a Jesus, não servirá para você também. Crie um espaço para Jesus agir na sua relação, tenha sonhos para Deus”, concluiu.

 

Serviço:

Congresso de Casais +QV

Data: 24 a 26 de março

Local: Hotel Tauá

Endereço: Rod Dom Pedro I – km 86 – Rio Baixo (Atibaia/SP)

Informações: (11) 2639-0799 e www.hebromturismo.com.br e casaismaisquevencedores.com.br

 

 

Redação iGospel